Feijão com Arroz

Serviços de design na medida

Menu

7 erros ao migrar seu negócio físico para a internet

Internet Leia em 5 minutos

Você precisa migrar negócio físico para a internet? Então é importante saber quais cuidados tomar nessa hora.

A rede mundial de computadores possibilita que pessoas possam encontrar produtos e serviços de forma fácil e rápida, em qualquer lugar do mundo. Essa facilidade pode gerar diversas oportunidades de negócio, já que uma empresa consegue se comunicar com muito mais pessoas, de maneira mais direta e barata, nos campos digitais.

Para estabelecer sua empresa na web, o empresário deverá seguir uma cartilha de boas práticas para não cometer erros comuns — e fatais. Isso porque há uma série de concepções equivocadas sobre o marketing digital e suas ferramentas.

Para migrar o seu negócio físico para a esfera digital, será necessário tempo, aprendizado e investimento. E evitar os 7 erros que você verá a seguir:

1. Não realizar um planejamento

Muitos empresários acreditam que basta criar uma página da empresa nas redes sociais e realizar algumas postagens para os clientes aparecerem e comprarem, magicamente. Mesmo que o empresário conte com amigos, familiares e conhecidos para impulsionar as publicações nessas redes sociais, por exemplo, será necessário muito mais para atingir os resultados esperados.

Por isso, é muito importante realizar um planejamento de suas campanhas online e especificar qual é o seu objetivo ao migrar o negócio físico para a internet. Quais ferramentas serão utilizadas e para quais fins. Quanto deverá ser gasto e qual será o faturamento esperado para essas ações.

Será necessário estudar o mercado, planejar e implementar as estratégias para alcançar os objetivos definidos no plano de marketing.

2. Não definir os potenciais clientes

É preciso saber, de fato, quem é o público-alvo de sua empresa para que o planejamento faça sentido. Ao migrar negócio físico para a internet, o empresário deverá segmentar suas campanhas para um determinado público.

Essa, aliás, é uma das grandes vantagens da web: a possibilidade de segmentar anúncios e promoções de acordo com os perfis do público-alvo de sua empresa.

Para chegar a essa resposta, o empreendedor deverá realizar a seguinte pergunta: para quem os produtos ou serviços da empresa foram desenvolvidos e como será possível alcançar esse consumidor?

3. Postar nas redes sociais e não interagir com os usuários

Uma das piores coisas que uma empresa pode fazer é ignorar a opinião de um usuário. Postar nas redes sociais da empresa e deixar de interagir com os usuários acaba gerando uma má impressão da marca. Pois as pessoas começarão a achar que sua empresa não liga para o que elas sentem e acham, seja sobre a organização ou seja sobre os produtos e serviços.

Além de postar no Facebook, Instagram, Twitter, é preciso interagir com os usuários, criando um diálogo com o público-alvo. A ideia é gerar movimentação nas postagens, mostrando para as pessoas que sua empresa está disposta a resolver todos os problemas de seus clientes e potenciais clientes. Isso aumenta sua autoridade e confiança no âmbito digital.

4. Abrir mão de profissionais qualificados

Investir em marketing digital é muito mais barato que investir em marketing tradicional. Contudo, é preciso ter bom senso e saber escolher profissionais qualificados para complementarem as estratégias de sua empresa. Contar com profissionais especializados em marketing digital e comunicação online será essencial para atingir o êxito esperado.

Entregar o seu negócio para qualquer agência pode gerar um sentimento de frustração, além de possíveis prejuízos. Por isso é muito importante pesquisar bastante para escolher uma empresa qualificada e com boa reputação no mercado. Antes de fechar um negócio, entre em contato e avalie como o atendimento é realizado. A partir daí, pergunte por campanhas realizadas e tire todas as dúvidas possíveis.

5. Não investir em um site profissional

Muitas empresas, ao migrar negócio físico para a internet, abrem mão de ajuda profissional e deixam os sobrinhos criarem o site da empresa. Apesar de ser mais barato, em 99% das vezes, essa ação acaba gerando dor de cabeça para o negócio.

Um site profissional precisa ser responsivo, ou seja, ser funcional tanto em dispositivos móveis quanto em computadores. Além de conciliar, totalmente, as estratégias de marketing digital de sua empresa.

Contar com um blog com postagens voltadas para criação de conteúdo rico, estratégias de marketing de relacionamento, uma loja virtual integrada e um site profissional falando sobre a história, serviços e produtos oferecidos, será essencial para dobrar os resultados obtidos.

6. Não focar nos resultados

As métricas da vaidade são erros muito comuns no mercado de marketing digital e atingem, principalmente, empresas de primeira viagem. Isso acontece, por exemplo, quando o investimento é direcionado para a compra de usuários com o objetivo de inflar os números das redes sociais, como o número de curtidas ou seguidas.

Esses números podem impressionar, mas não geram resultados para a organização.

O empresário deverá focar nos números que remetem aos resultados reais. Para isso, deverá definir métricas quantificáveis e que contribuam para o sucesso da companhia. Se não for possível definir uma relação entre a métrica e o resultado, então o empresário deverá rever suas prioridades.

7. Falar apenas da empresa

Um dos maiores erros das empresas que estão migrando para a internet, é falar apenas delas o tempo todo. Ao entrar no website, o usuário é bombardeado com uma série de informações sobre a organização: “nossos produtos, nossos serviços, quem somos, nossa história etc”. O site deve estar direcionado para o cliente e para os objetivos do empreendimento.

É claro que essas informações são importantes, porém elas não devem assumir um papel maior do que as informações que os clientes estão buscando, por exemplo.

Faça uma apresentação dos produtos e das vantagens que eles trarão para a vida de quem os comprar. Além disso, procure inserir depoimentos reais de clientes satisfeitos em fazer negócios com a sua empresa. Essa abordagem dará mais credibilidade para a organização aos olhos do consumidor.

Migrar negócio físico para a internet, definitivamente, é um investimento que trará resultados positivos para a empresa. Desde que a migração seja feita de forma correta, com as estratégias de marketing digital definidas de maneira precisa. Pois nada adianta migrar para a internet, realizar investimentos e no fim não obter os resultados esperados.

Por isso, contar com a ajuda de profissionais especializados é fundamental para realizar a transição e definir as melhores estratégias para sua empresa atuar no campo digital.

Você já teve a experiência de migrar negócio físico para a internet? Quais foram os maiores desafios? Ou está pensando em migrar? Deixe um comentário e compartilhe suas experiências e suas dúvidas com a gente!

Quer compartilhar?
Empreendedor ideias conteudo email

Que tal o melhor conteúdo sobre empreendedorismo para você ter sucesso nos negócios?

Faça como centenas de nossos leitores: