Feijão com Arroz

Serviços de design na medida

Menu

Experiência do Usuário: 6 motivos para investir nisso

Internet Leia em 5 minutos

O conceito de Experiência do Usuário (UX) vem se expandindo rapidamente entre as empresas que buscam alta performance e grandes resultados. Podemos defini-lo como o conjunto de sensações que permeia a relação usuário/empresa e faz com que ele continue adquirindo seus produtos e serviços ou, no mínimo, que tenha muita propensão a voltar a fazer negócio com você.

Mais do que um simples indicador, esse conceito é fundamental para definir as melhores estratégias operacionais e conseguir entregar aos clientes a solução que eles necessitam, indo muito além da simples oferta de produtos e serviços, mas sim buscando apresentar a melhor experiência possível desde o primeiro passo desse processo de interação.

Visando ajudar você a entender melhor sobre esse assunto e compreender como aplicá-lo no dia a dia da sua empresa, listamos alguns motivos que mostram como e por que investir nesse conceito. Continue a leitura e entenda!

1. Permite ter uma presença online sólida

A Experiência do Usuário está totalmente inserida no meio digital e, mais do que isso, é fundamental para gerar uma presença online sólida.

Podemos citar o exemplo de uma empresa que investiu muito dinheiro em campanhas de marketing, mas tem um site que apresenta problemas como um longo tempo de carregamento, o não detalhamento dos produtos e dos serviços, a falta de um design responsivo e a ausência de um conteúdo de qualidade.

Tudo isso contribui para que o usuário fique irritado e desista da compra, o que, além de não gerar a venda, fará com que boa parte do dinheiro investido em campanhas vá por água abaixo.

Já aquele usuário que se sentir bem enquanto navega em sua página, com certeza, ficará um tempo maior. Dessa forma, ele poderá conhecer outros produtos e, assim, realizar mais compras — além de sair com uma boa imagem da empresa, o que incentiva futuros negócios.

2. Facilita maior engajamento do usuário com aplicativos

O uso de aplicativos é cada vez maior por parte de diversos tipos de empresas, visando oferecer mais ferramentas para facilitar a interação do usuário e permitir, assim, uma relação mais próxima.

Podemos dizer que, nesse tipo de ação, encontramos um exemplo perfeito de como a Experiência do Usuário permite um maior engajamento dos clientes, facilitando a manutenção ou a melhoria da estratégia.

Sabe quando vamos baixar algum aplicativo e vemos aqueles comentários com elogios, reclamações e sugestões, além da apresentação de casos de sucesso e más experiências?

Tudo isso mostra um grande engajamento dos usuários. Ao avaliarem e relatarem o seu uso do aplicativo, eles mostram como está a aceitação geral do público e indicam os pontos fracos e fortes do aplicativo, trazendo um grande número de dados que ajudam a compreender o resultado que essa ferramenta vem apresentando.

3. Traz mais eficiência para o desenvolvedor

Muitas vezes, o processo de desenvolver um aplicativo ou um site tem uma linha definida pela empresa com base no que ela entende como necessidade dos seus clientes. Já a prática pode ser diferente da teoria e, em contrapartida, mostrar que a estratégia adotada apresenta problemas.

Com base na Experiência do Usuário, é possível analisar, consertar e até evitar certos erros, possibilitando um caminho de maior eficiência para o desenvolvedor.

Ter uma linha definida e apresentar o que os usuários procuram acaba sendo benéfico para os dois lados. Isso faz com que uma melhor experiência por parte dos clientes possa refletir em opiniões positivas e contribuir para o crescimento e a manutenção da boa imagem da empresa perante o público.

4. Reduz custos técnicos e operacionais

A partir de uma maior eficiência por parte do desenvolvedor e da apresentação de uma estratégia a fim de oferecer o que o usuário procura, reduz-se, também, os custos técnicos e operacionais, especialmente aqueles relacionados ao suporte.

Antes de lançar uma versão do produto ou colocar um site no ar, é possível fazer alguns testes que possam simular a experiência do usuário por meio de dados reais.

Uma forma de realizar esse procedimento é disponibilizar as ferramentas para um grupo de pessoas para que elas possam relatar as suas sensações e, a partir disso, gerar dados que apontem as melhorias necessárias.

Quando essas melhorias são feitas antes do lançamento em massa, acabam apresentando possibilidades menores de erros e a diminuição dos custos técnicos e operacionais envolvidos no projeto.

5. Possibilita entender o cliente como um todo

A Experiência do Usuário facilita uma maior compreensão do cliente como um todo, ou seja, vai muito além da definição de consumidor baseada no que ele adquire de produtos e serviços.

Essa noção permite entender quais são os seus anseios, o que ele espera que a empresa ofereça, qual o seu conhecimento sobre tecnologia e como ele busca se envolver no processo de interação.

Além disso, para quem apresenta diversas ferramentas como site, softwares e aplicativos, é possível medir o envolvimento do usuário em relação a cada um desses itens e o comportamento dele a partir disso. Esses procedimentos trazem à tona uma média geral que permite englobar a experiência total acerca dessas ferramentas.

6. Contribui para uma maior valorização da marca

Empresas que aplicam o conceito de Experiência do Usuário em suas ações acabam sendo mais valorizadas pelo mercado. Isso desperta um maior interesse dos investidores e contribui para a expansão da marca.

Grandes corporações como Apple, Netflix e Nike já têm esse conceito inserido na sua forma de atuar, o que explica boa parte do sucesso e como o comportamento do usuário é importante para a melhoria dos produtos e dos serviços oferecidos.

Isso mostra que é possível encontrar um mar azul rumo ao crescimento, independentemente da sua estrutura atual. Aplicar algumas medidas assertivas como investir em UX fará com que esse processo seja possível.

Como vimos, a Experiência do Usuário é fundamental para mantê-lo interessado na marca e mostra que construir uma boa relação a partir disso é parte fundamental do sucesso da empresa.

Investir nesse conceito permite compreender melhor cada ponto de ligação existente na interação cliente/empresa e mostra um custo-benefício excelente, gerando resultados de alto nível e a satisfação de todas as partes envolvidas.

Gostou de aprender um pouco mais sobre o conceito de Experiência do Usuário? Que tal compartilhar este post em sua rede social favorita e permitir que outras pessoas também possam aprender?

Quer compartilhar?
Empreendedor ideias conteudo email

Que tal o melhor conteúdo sobre empreendedorismo para você ter sucesso nos negócios?

Faça como centenas de nossos leitores: