Feijão com Arroz

Serviços de design na medida

Menu

Como o ambiente pode estimular a criatividade

Comunicação Leia em 5 minutos

Você já imaginou seu colaborador indo trabalhar usando bermuda, chinelo e meias?

Se você achou esta pergunta absurda, saiba que, cada vez mais, empresas buscam ideias inovadoras que possam surpreender o mercado de trabalho e atrair mais clientes para o negócio.

No entanto, as boas ideias não nascem em árvores, elas surgem quando são incentivadas através do processo criativo. Por isso, para estimular a criatividade dos seus colaboradores, empresas estão oferecendo um ambiente de trabalho descontraído, em que os funcionários possam ter mais liberdade para criar.

E, esta ideia não surgiu do nada! Estudos revelam que os ambientes externos são responsáveis por elevar a motivação das pessoas, tornando-as mais aptas a desenvolver habilidades inovadoras. A localização das cadeiras e das mesas, as cores que fazem parte da decoração e, até mesmo, os uniformes utilizados são elementos que influenciam na rotina de trabalho. Sendo assim, quando estes espaços são organizados de uma forma mais divertida, tornam-se uma inspiração e pode até mesmo elevar a produtividade nas tarefas.

Sua empresa está precisando de um toque de inovação? Então, confira as diferenças que podem ser encontradas em ambientes de trabalho mais dinâmicos, e aproveite para se inspirar em duas grandes empresas que também resolveram estimular a criatividade dos seus colaboradores utilizando técnicas bastante ousadas. Confira!

Ambientes e suas cores

Diversas empresas já utilizam a psicologia das cores para inspirar seus colaboradores de foma positiva. As cores do local de trabalho são responsáveis por auxiliar ou atrapalhar o desempenho das atividades, sendo capazes de influenciar o nosso corpo, por meio de uma série de hormônios que interferem em nossas sensações.

Por exemplo, para empresas que precisam estimular a criatividade dos seus colaboradores, é recomendado que a cor predominante seja o laranja, pois, de acordo com a cromoterapia, ciência que utiliza as cores para atingir o equilíbrio do corpo, o laranja é a cor dos processos criativos.

Contudo, se sua empresa está precisando de um pouco mais de concentração, pode apostar na cor amarela. Mas, se sua necessidade é aumentar a disposição, é melhor pintar as paredes de azul. As cores podem transmitir diferentes sensações: o vermelho, por exemplo, torna o ambiente mais dinâmico, enquanto o verde é responsável por transmitir serenidade.

De modo geral, as cores devem ser utilizadas com esse intuito, mas é sempre bom não exagerar nos tons, ok?

Empresas sem repartições

Normalmente, as empresas são organizadas de maneira tradicional: cada equipe ocupa um determinado setor, contendo as mesmas mesas e cadeiras alinhadas. No entanto, tirar as divisórias da sua empresa e unir os ambientes de trabalho pode ser uma excelente alternativa para ampliar os espaços, além de possibilitar uma maior interação entre todos da equipe.

Quando os colaboradores começam a interagir com outras áreas, eles possuem mais chances de desenvolver a criatividade por meio da troca de experiência entre eles.

Equipes que realizam brainstorm

O objetivo do brainstorm é reunir diferentes colaboradores por meio de uma abordagem descontraída, a fim de promover um ciclo de sugestões e de ideias. Esta técnica trata-se de um processo analítico em que o grupo pode ter insights para solucionar problemas ou inovar produtos e serviços.

Assim, empresas que buscam fazer sessões de brainstorm eficiente sempre reservam um local bastante descontraído para a reunião, onde as pessoas possam ficar confortáveis e livres de distrações que possam surgir, como celular, interrupções, barulhos etc.

Diante disto, muitas organizações decidem sair do ambiente de trabalho e se reunirem em salas comerciais ou compartilhadas, também chamadas de coworking. Estas salas oferecem um ambiente menos formal e quebram a rotina do trabalho, o que contribui para o surgimento de ideias inovadoras.

Outra dica é ter um briefing, ou seja, ter um documento que contenha as recomendações da proposta. Contudo, não deixe estas instruções limitarem as ideias que possam surgir e exclua as críticas para não intimidar qualquer sugestão. Após a sessão, reúna todas as ideias e decida qual o melhor caminho a seguir.

Colaboradores que praticam ginástica em grupo

A ginástica laboral, assim como outros tipos de exercícios físicos, são responsáveis por alongar a musculatura, trabalhar a autoestima, além de promover um momento de descontração entre os funcionários.

De modo geral, muitos empreendedores incentivam esta prática dentro das empresas, com o objetivo de estimular os colaboradores a terem mais disposição ao longo do dia. Mas lembre-se de sempre chamar um profissional especializado para ministrar as aulas!

Organizações que oferecem distrações nos intervalos

Atualmente, é muito comum encontrar dentro das empresas elementos como mesas de sinuca, videogames, academia, sofás confortáveis para descanso, entre outros atrativos.

Empresas que optaram por estas distrações conseguiram obter um nível de produtividade maior, pois, além de estimularem a criatividade, estas distrações permitem uma convivência mais dinâmica, em que a equipe dispõe de um local adequado para “esfriar a cabeça” e retomar as atividades ainda mais inspirados.

O que podemos aprender com o Google e o Facebook?

Com certeza, você já deve ter ouvido falar que o Google é uma das melhores empresas para trabalhar. Por lá, os colaboradores são incentivados de uma maneira nada convencional. Por isso, possuem benefícios exclusivos e gratuitos.

Na empresa, qualquer colaborador tem acesso a bicicletas para o transporte, assim como ajuda financeira para comprar um carro híbrido. Além disto, podem malhar na academia e se arrumar no salão de beleza!

Mas as vantagens não são apenas estas, já que todo cardápio, incluindo almoços e jantares, são elaborados por chefs gourmet e as calorias ainda podem ser perdidas nas quadras de vôlei, playground, aulas de dança e fitness, nos jogos em equipe etc.

Contudo, o objetivo do Google é oferecer um local de trabalho seguro e confortável, onde seus colaboradores possam se sentir em casa e possam produzir com mais entusiasmo.

Já o Facebook, considerado líder no ranking de satisfação, permite que seus colaboradores decidam, uma vez por semana, o local onde pretendem trabalhar, não sendo necessário se deslocar até a empresa.

Por lá, além de bicicletas, os funcionários podem aproveitar a pista de skate, a sala de cinema e até mesmo uma lavanderia, uma marcenaria e outros benefícios que também são oferecidos pelo Google.

Está inspirado para estimular a criatividade dos seus colaboradores mudando o ambiente de trabalho? Esperamos que sim! Então, que tal conferir nosso artigo sobre onde trabalhar: home office, sala comercial ou coworking? Basta assinar nossa newsletter e ficar por dentro do assunto!

Quer compartilhar?
Empreendedor ideias conteudo email

Que tal o melhor conteúdo sobre empreendedorismo para você ter sucesso nos negócios?

Faça como centenas de nossos leitores: