Por que preciso de um site?

(atualizado em 29/03/2016) Comunicação, Internet Leia em 17 minutos

Quando você tem uma grande ideia e começa a colocá-la em prática, como um novo negócio, a primeira pergunta que você faz é: preciso de um site? Em tempos de internet móvel, de acessibilidade e conexão 24 horas por dia, a resposta é uma só: sim.

Não é só pelo fato de que um site é parte importante do seu mix de marketing, mas principalmente porque o consumidor atual não perde mais tempo perguntando por aí, para outros, se eles conhecem alguém que faça determinada coisa. Ele pega o seu smartphone e pesquisa, é mais simples, barato e muito eficaz.

Depois de encontrar duas ou três opções, o internauta vai pesquisar as opiniões de outros usuários da web. Será que o produto ou serviço é bom? Vou ficar satisfeito com a solução? E aí toma sua decisão de compra. E quem se dá bem nessa história? Quem tem um site bem posicionado nos mecanismos de busca e consegue aumentar sua visibilidade, atingindo um número maior de pessoas.

Você pode estar pensando que o post acaba por aqui, mas não, tem muito mais coisas para você saber sobre esses “espaços” na internet. Antes de chegar à conclusão de que precisa de um, algumas dúvidas irão surgir, como pro exemplo: o que é, de fato, um site?

O que é um site?

Perguntar a alguém o que é um site parece meio bobo, mas a verdade é que existem muitos tipos, o que pode confundir um pouco no momento de escolher a melhor opção para o seu negócio.

Site é um local na internet, que tem um endereço eletrônico chamado domínio (ou URL), que fica hospedado em um servidor e pode ter inúmeras finalidades, como: informar, entreter, educar, compartilhar conhecimento, apresentar produtos e vender. Neste último caso, devemos fazer uma paradinha para diferenciar website de e-commerce.

Website versus e-commerce

Não é uma batalha, tampouco uma concorrência. Um e-commerce é um tipo de website, com a única finalidade de vender. Ele é composto por páginas com categorias de produtos ou serviços, um carrinho de compra, gateways de pagamento e check out. Funciona como uma prateleira de supermercado, onde você pega o produto, coloca em sua cesta e paga no caixa mais próximo.

Já o website em si, que também poderia ser chamado de e-business ou apenas site, é uma página na internet com outros objetivos, por exemplo, apresentar as características de um produto ou serviço, algumas imagens e vídeos, porém sem a opção do usuário comprar imediatamente através de um cartão de crédito ou boleto bancário. Aí entram os sites institucionais, os promocionais (que promovem uma ação ou evento), os educativos, os portais de conteúdo, os classificados, entre outros.

Website e blog são a mesma coisa?

Outro formato de página que encontramos na internet com frequência são os blogs. Eles têm o objetivo primordial de compartilhar conhecimento, informar e entreter. Sua dinâmica de leitura geralmente é feita de forma cronológica, sem muitas subpáginas ou seções, isto é, não são tão complexos quanto os websites.

Não são só empresas que usam blogs, mas indivíduos que têm algo a compartilhar com os internautas e veem nesse formato de mídia uma maneira mais fácil de divulgar suas ideias. Muitas vezes este tipo de plataforma está dentro de websites, geralmente quando se trata de algum assunto corporativo, pois eles integram o mix de comunicação da empresa.

E páginas nas redes sociais, são websites?

As redes sociais são plataformas de relacionamento que servem para compartilhar conteúdos. Você pode, por exemplo, compartilhar a URL do seu site em uma rede social. Mas elas não são websites, pois seu formato e propósito são bastante diferentes.

É importante que você saiba o que é um site para que possa tomar decisões mais acertadas em relação a que tipo de ponto de contato você quer desenvolver para se comunicar com o seu público. Se o seu intuito é vender imediatamente produtos em estoque na internet,talvez um e-commerce seja o mais recomendado. Mas se você quer construir sua marca e reputação na internet, e falar mais para o usuário sobre a qualidade de seu produto ou serviço, um website, aliado a outros recursos, como os blogs e redes sociais, é a melhor opção.

Afinal, por que minha empresa precisa de um site?

Muita gente se pergunta “por que minha empresa precisa de um site se eu já tenho páginas nas redes sociais?”. A resposta é bem simples: as mídias sociais são lugares informais, para relacionamento e troca de ideias. Elas não passam a impressão de profissionalismo e credibilidade que você precisa para gerar novas oportunidades de negócios, tampouco você será encontrado com facilidade na internet somente através desses endereços eletrônicos. Sua presença online leva em consideração diversos fatores que você não consegue alcançar apenas com páginas em redes sociais. Veja:

Credibilidade e confiança

Um site corporativo ou institucional passa segurança para os seus atuais e também futuros clientes. É uma forma de apresentar sua empresa para o mundo, mostrar quem ela é e a que veio, seus valores, visão e missão organizacionais.

Com um site bem estruturado você gera confiança, transparece profissionalismo e conquista a credibilidade do mercado para fornecer as soluções eficazes para seus clientes.

Reputação

A reputação de uma empresa é o resultado da percepção dos consumidores. Se hoje em dia todos os clientes estão online e sua empresa não está, ela gera dúvidas, suscita percepções negativas quanto à sua atuação. Muitos internautas podem chegar a pensar que a sua empresa não existe se ela não tiver ao menos um website, que é a vitrine do seu negócio no mundo digital.

Visibilidade para sua marca

Imagine que você acabou de abrir uma padaria no bairro onde mora. Sem uma presença online, fica difícil divulgar seu negócio para quem mora a algumas quadras de distância, não é mesmo? E como convencer um morador de outro bairro a pegar o carro e ir até você numa tarde de domingo? Somente com um bom site, no qual você deixa claro o que vende, onde está localizado e quais são seus diferenciais.

Comunicação clara e assertiva

A maior fonte de informações da atualidade é a internet, e não hesitamos um segundo sequer em recorrer a ela para buscar as mais diferentes soluções. De medicamentos a eletroeletrônicos, de serviços de manicure a advogados, buscamos tudo na web. E se você quer ser visto e lembrado pelos seus atuais e potenciais clientes, certamente vai precisar de um site para se comunicar com eles, transmitir as informações mais importantes e motivá-los a entrar em contato com você.

Um site nunca descansa

Se você tem um negócio que fica aberto apenas em horário comercial, significa que não há atendimento depois das 18h, muito menos aos finais de semana. E, mesmo que você abra todos os dias da semana, em algum momento seu negócio estará fechado, como na madrugada.

Em contrapartida, se você possui um endereço na web, sua empresa fica aberta e disponível para fornecer as informações mais básicas 24 horas por dia, 7 dias na semana, isto é, sem descanso. Se um cliente precisa de um encanador domingo, às 18h, vai buscar na internet e saber que sua equipe poderá atendê-lo a partir das 7h do dia seguinte.

Economia de recursos

Um site é uma ótima maneira de economizar recursos. Lá você pode concentrar todas as informações sobre seus produtos e serviços, dispensando grandes investimentos em publicidade paga, como anúncios, outdoors, guias, televendas, etc. Basta trabalhar seu marketing digital para alcançar um número maior de pessoas por um custo bem mais atrativo.

Igualdade de oportunidades

Tanto microempreendedores quanto multinacionais podem mostrar seu trabalho na internet por meio de um site, gerando oportunidades iguais de negócios para todos. Ou seja, você não precisa fazer grandes investimentos para entrar no mercado, basta ter um bom site e se relacionar com o seu público.

Agora você não precisa mais se perguntar “por que minha empresa precisa de um site?”. As respostas estão aí, as vantagens são enormes e não param por aqui. Só depois de ver seu site no ar você vai perceber o quão importante ele é para a imagem do seu negócio!

Como deve ser um site institucional?

Um site institucional possui caráter informativo e deve divulgar sua marca, produtos e serviços. Ele também deve ser pensado como o principal canal de relacionamento com o seu público, portanto, precisa de um ou mais campos de contato para que os internautas possam enviar suas dúvidas e solicitações. Veja o que não pode faltar no seu site institucional:

URL ou domínio

A URL ou endereço eletrônico da sua empresa deve conter o nome da sua marca e, se possível, uma palavra-chave que defina o seu negócio. Eis alguns exemplos:

É importante que você nomeie adequadamente a URL do seu site para que as pessoas o encontrem com mais facilidade. Por isso, escolha nomes curtos, fáceis de lembrar e escrever. Evite números e letras trocadas para não confundir quem está à procura dos seus produtos ou serviços.

Home

A home é a página principal do seu site. É onde o usuário encontra todas as informações de navegação, os menus, as categorias e suas principais informações. Mantenha esta página inicial sempre com poucas, mas relevantes informações, e preze por um layout clean, com espaços em branco separando cada seção, para que o internauta encontre as informações com facilidade.

Sobre a empresa

Esta é uma das principais páginas do seu site. É onde você vai contar a história do seu negócio, como começou, sua visão, missão e valores. Para quem está começando, vale a pena contar um pouco mais sobre suas motivações, por que resolveu empreender e o que espera gerar de valor para seus clientes. Não se esqueça de destacar seus diferenciais, suas conquistas e quem são as pessoas que fazem da sua empresa o que ela é: sua equipe.

Produtos e serviços

A página de produtos e serviços serve para que você mostre às pessoas o que é capaz de fazer, como gera valor para o seu público. Insira uma breve descrição de cada solução e como sua empresa pode ajudar as pessoas a resolverem seus problemas.

Fale conosco

O “fale conosco” ou simplesmente “contato” é onde você disponibiliza as informações para a comunicação direta com a sua empresa, como telefone, endereço, páginas em redes sociais e um formulário para que o visitante envie sua mensagem no mesmo instante. É indispensável que este canal funcione, portanto, tenha uma pessoa responsável pelas mensagens que são enviadas via site e nunca deixe ninguém sem resposta.

Blog

Algumas empresas preferem agregar site institucional e blog corporativo na mesma plataforma, com o objetivo de gerar tráfego mais qualificado para o site. Enquanto o blog atrai e envolve o público com conteúdos de qualidade, que despertam o interesse, também melhora o posicionamento do site nos mecanismos de busca, tanto pela otimização (SEO) quanto pelo número de visitas.

Esses são os elementos básicos de um site institucional, os quais vão te ajudar a construir sua reputação online e atrair a atenção de cada vez mais clientes. Se quiser ir além, você pode inserir uma galeria de fotos, um campo para notícias que foram veiculadas na mídia, vídeos e tutoriais para ajudar seus clientes, entre outras páginas.

Quais são os passos para criar um site?

Se você não é web designer nem programador, vai precisar de uma ajudinha para saber como colocar seu site no ar. Nesse momento é importante contar com a ajuda de um profissional ou agência que possa fazer o desenvolvimento desta plataforma online. Assim ela possuirá todas as funcionalidades necessárias e estará de acordo com o que você espera e o seu público procura. Vamos aos passos para criar um site de maneira bastante fácil e intuitiva:

Identifique seu público

Que tipo de cliente você pretende atrair com o seu site? Qual a faixa etária, gostos, preferências, comportamentos na internet? Entender o perfil do seu público-alvo vai ajudá-lo a desenvolver um site mais convidativo, fazendo com que as pessoas permaneçam mais tempo nele.

Defina seu objetivo

Você quer um site estático, apenas para fornecer informações para os seus atuais e potenciais compradores ou quer uma plataforma interativa, como um portal de informações? Definir o objetivo do site é o que vai determinar os elementos, as páginas e subpáginas, o conteúdo e também o seu investimento, já que um site institucional leva menos elementos do que um portal, por exemplo.

Investigue a concorrência

A concorrência é uma boa fonte de ideias para que você crie um site de sucesso. Analise tudo, desde o design, as páginas, o conteúdo, as cores, as imagens e até a otimização (SEO). Utilize esse conhecimento para determinar o que funciona e o que não funciona junto ao seu público, o que você pode fazer melhor e como se diferenciar para que as pessoas reconheçam sua marca imediatamente.

Registre seu domínio

O domínio é o nome da sua marca, como falamos anteriormente. Você pode fazer esse registro no site registro.br, conferindo, antes de mais nada, se não há nenhuma outra empresa utilizando o mesmo nome.

Busque sua hospedagem

Todo site deve estar hospedado em um servidor, local na internet que faz a distribuição do sinal para todos os lugares do mundo. É importante que você encontre um fornecedor idôneo neste segmento, para que seu negócio tenha os requisitos mínimos de qualidade para o serviço prestado.

Fique atento ao tempo de disponibilidade do servidor, que deve ser o mais próximo possível de 100%. Esse é o fator que determina a permanência do seu site no ar. Não se esqueça de verificar os recursos oferecidos, o suporte e a manutenção. Prefira sempre empresas que têm suporte em português, para que você não tenha dificuldades na hora de explicar qualquer problema.

Contrate alguém para desenvolver o seu site

Existem muitos templates prontos que você pode colocar no ar em poucas horas, mas como é um serviço bastante comum, você facilmente vai encontrar dezenas de empresas com um site igualzinho ao seu. O melhor a fazer é contratar um profissional qualificado ou uma agência para desenvolver uma página na internet exclusiva para sua empresa, que represente “a cara” do seu negócio. Durante o desenvolvimento, esse profissional vai levar em consideração todos os requisitos, como perfil do público, finalidade do site, funcionalidades e recursos para que seus visitantes tenham uma experiência única.

Não deixe de fora a responsividade

Site responsivo é aquele que se adapta a qualquer tamanho de tela, sendo exibido perfeitamente tanto em desktops quanto notebooks, smartphones e tablets. Se você quer ter um site com muitas visitas, lembre-se que os acessos via mobile já superaram os por desktops e que o Google, principal ferramenta de buscas da internet, privilegia estes tipos de site em seus resultados de pesquisa.

Agora que você já sabe quais são os passos para criar um site, que tal conhecer os detalhes que vão fazer do seu site um verdadeiro sucesso?

O que é preciso para ter um site de sucesso?

Ter um site de sucesso é um trabalho constante de personalização. Conforme muda o perfil dos seus clientes e consumidores, mudam as preferências, os gostos, os comportamentos, e tudo isso reflete na hora de atrair a atenção do seu público e fazer com que ele converse com você. Alguns elementos são indispensáveis para tornar seu site um sucesso. Confira:

Conteúdo de qualidade

O conteúdo é o que vai atrair as pessoas para o seu site, o que vai fazer com que elas permaneçam o máximo de tempo possível e voltem para conferir as novidades. Sendo assim, planeje-o com cuidado, pensando na linguagem que o seu público usa, o que ele considera relevante e em como estruturar esse conteúdo de forma que ele auxilie no seu posicionamento nos mecanismos de busca.

SEO

SEO é um conjunto de técnicas que têm por objetivo otimizar seu site para os mecanismos de busca, como o Google, tornando-o mais amigável para os algoritmos de pesquisa. Quanto mais amistoso seu site for, maiores as chances dele obter um bom posicionamento nos resultados de pesquisa, ampliando a visibilidade e as oportunidades de conversão.

Otimizar o site significa identificar as palavras-chave mais relevantes para sua atividade e inserí-las naturalmente em toda a estrutura do site, isto é, nos códigos HTML, no conteúdo, nas imagens, vídeos e demais elementos. Contar com um profissional de SEO para fazer essa otimização é fundamental, já que as regras para uma boa classificação nos mecanismos de busca mudam a todo instante e você precisa estar sempre atento às novidades para poder destacar seu site da concorrência.

Design

O design também é uma forma de comunicação com o seu público, por isso deve ser desenvolvido com muita atenção. É na harmonia de cores, fontes, imagens e outros elementos do seu site que o visitante vai encontrar aquela motivação subjetiva para continuar se relacionando com a sua marca.

Um design limpo, que facilita a leitura e o encontro de informações é mais agradável aos olhos e faz com que o visitante se sinta bem em navegar pelas páginas do site, descobrir novas informações e interagir com formulários, pesquisas, links e outros elementos dinâmicos.

Como o design envolve diversos conhecimentos que nem todos nós temos, o ideal é que você contrate alguém para planejar o layout do seu site e fazer as mudanças necessárias quando for conveniente. Uma agência especializada em marketing digital e criação de plataformas digitais pode ser a sua maior aliada para construir um site realmente atrativo e envolvente.

Divulgação

Quando o site já estiver pronto, é hora de investir em marketing digital e começar a divulgá-lo. Conecte-se com seu público nas redes sociais, escreva muito para o seu blog, participe de fóruns, grupos de discussão e construa um bom networking.

Enquanto sua estratégia de SEO trabalha pelos resultados orgânicos, invista também em links patrocinados para alavancar sua imagem de uma vez na internet. Os anúncios pagos permitem que você apareça em destaque nos resultados de busca, atingindo um público mais qualificado, que está em busca das suas soluções naquele exato momento.

Conclusão

Quanto mais conectadas as pessoas estão, mais indispensável se torna ter uma boa presença na internet. Esta assiduidade é representada principalmente por um site bem estruturado, com conteúdo atraente e otimizado para gerar mais visitas e conversões.

Lembre-se que não basta criar o site e deixá-lo sem manutenção. Você precisa atualizá-lo constantemente segundo as interações do seu público, investir na divulgação e criar oportunidades para que as pessoas conheçam sua marca, seus produtos ou serviços e também seu potencial de negócios.

Ao começar um novo empreendimento, sempre converse com uma agência especializada para desenvolver sua identidade visual por completo, inclusive o site da sua empresa. Uma comunicação integrada é o diferencial que você precisa para se destacar no mercado e fixar sua marca nas mentes e corações dos seus clientes! Ficou com uma dúvida ou quer compartilhar conosco a sua experiência? Comente abaixo.

Quer compartilhar?
  • imagem empreendedor escalando montanha
Empreendedor ideias conteudo email

Que tal o melhor conteúdo sobre empreendedorismo para você ter sucesso nos negócios?

Faça como centenas de nossos leitores: