Feijão com Arroz

Serviços de design na medida

Menu

Como a computação em nuvem facilita o cotidiano da empresa

Internet Leia em 6 minutos

Para que o negócio consiga prosperar, é fundamental acompanhar as principais soluções tecnológicas do mercado. Nesse sentido, a computação em nuvem, ou cloud computing, tem se destacado, já que agiliza rotinas e otimiza a gestão de dados organizacionais.

Qualquer empresa, de qualquer porte, pode usar essa solução. Isso porque ela consiste em uma tecnologia de acesso remoto na qual companhias disponibilizam espaços em seus servidores para outros empreendimentos, ou pessoas, armazenarem arquivos, sistemas ou mesmo hospedarem sites.

Portanto, qualquer um pode usufruir dos benefícios da computação em nuvem. Quer saber quais são eles? Continue lendo e descubra!

Ampla acessibilidade a dados e informações

Talvez a principal vantagem do cloud computing seja a possibilidade de acessar informações de qualquer local do mundo por meio de uma conexão com a internet.

Para isso, você pode usar diferentes dispositivos, como notebooks, smartphones e tablets, já que atualmente quase todas as fornecedoras de serviços na nuvem oferecem suporte para esses aparelhos.

Dessa forma, você poderá consultar dados, realizar tarefas ou até mesmo executar vendas em qualquer hora do dia, sete dias por semana.

Maior produtividade

A acessibilidade permitida por essa tecnologia, além da mobilidade, pode ajudar a elevar a produtividade de profissionais que precisam se deslocar a diferentes ambientes para trabalhar.

Por exemplo, vendedores têm a chance de consultar informações de produtos e fechar negócios facilmente na casa de clientes, durante viagens ou até mesmo no meio da rua. O resultado é a elevação do seu desempenho e da sua produtividade.

Organizações que têm filiais ou parceiros de negócio (distribuidores e representantes comerciais, por exemplo) com os quais compartilham dados também se beneficiam da nuvem. Por meio desse serviço, todos podem ganhar acesso às informações, acelerando a troca de conteúdos e a visualização de informações estratégicas.

Todavia, vale ressaltar que esse processo de liberação e troca de dados pode ser feito de modo controlado: cada agente/colaborador recebe autorizações e níveis de permissão sobre o que pode visualizar, editar ou copiar.

Maior segurança contra ataques virtuais

O uso da computação na nuvem pode trazer maior segurança para sistemas e dados, especialmente no modelo de nuvem privada — quando a empresa contrata uma fornecedora para locar um servidor somente para ela. Desse modo, informações críticas e conteúdos necessários para a execução de tarefas do dia a dia são preservados de uma série de ameaças.

Por exemplo, dá para se proteger de ataques de vírus que podem roubar ou apagar dados, além de criptografar informações necessárias para o desenvolvimento de atividades pelos colaboradores.

Algo assim ocorreu em maio de 2017, quando o ransomware WannaCry infectou inúmeras organizações em cerca de 150 países. Só no Brasil, foram mais de 220 empresas afetadas. Os equipamentos atingidos tiveram suas informações criptografadas, apenas sendo restituídas mediante pagamento de resgates, o que é conhecido como sequestro de dados.

Para evitar que o vírus se disseminasse, algumas empresas chegaram a desligar seus computadores e servidores. Em decorrência disso, os fluxos de trabalho foram paralisados, já que não havia dados disponíveis para a execução das tarefas.

Esse tipo de infecção virtual gera prejuízos financeiros e de tempo. Além disso, há um impacto negativo entre os clientes, que podem ter dados importantes vazados. Isso pode afetar a imagem da empresa, que fica desgastada aos olhos do público.

Por outro lado, os servidores na nuvem costumam ser gerenciados por empresas especializadas em segurança de dados. Algumas, inclusive, empregam recursos especiais para assegurar a inviolabilidade dos conteúdos, como o isolamento de arquivos e o uso de protocolos avançados de validação de acessos.

Aliás, é possível monitorar históricos de modificações para que você saiba quem andou acessando os arquivos do seu negócio. Há também fornecedoras de computação em nuvem que criptografam dados em trânsito e em repouso para otimizar a segurança.

Maior proteção de dados e suporte contra desastres

Há mais incidentes e eventos que podem causar panes em hardwares, provocando falhas e perdas de arquivos, tais como:

  • enchentes e inundações;
  • incêndios;
  • queda de raios;
  • interrupções do fornecimento de energia elétrica.

O uso da computação em nuvem pode ajudar a reduzir o impacto dessas adversidades, já que as informações e sistemas são armazenados em servidores robustos e modernos.

Além do mais, muitos servidores são distribuídos em localidades afastadas, com dados replicados entre eles, o que diminui as chances de um evento prejudicar completamente os registros corporativos.

Caso sua equipe precise de ajuda em algum evento de segurança ou tenha dúvidas sobre boas práticas, é possível contatar a equipe da fornecedora. Muitas oferecem diferentes canais de contato (chat, e-mail, telefone), além de apoio contínuo.

Facilidade na gestão de backups e recuperação de dados

Como visto, existem empresas de tecnologia que usam vários servidores para salvar informações de um cliente, ou seja, empregam sistemas que replicam dados entre si. Isso é importante para o backup caso algum desses equipamentos apresente problemas.

O mesmo vale para a sua organização, pois, em caso de perda de arquivos, você poderá recuperá-los rapidamente da nuvem. Todo esse processo ocorre de modo remoto, com alta velocidade e baixo índice de erros.

Além disso, é possível usar sistemas de backup automáticos disponibilizados pelas fornecedoras, os quais sintonizam e atualizam constantemente os conteúdos salvos.

Economia de espaço físico e de custos

Com a adoção da computação em nuvem, você não precisará mais de servidores e mídias físicas para salvar seus dados e rodar os sistemas da empresa. Dessa forma, poderá liberar os espaços antes usados para armazená-los, bem como economizar na manutenção, modernização ou instalação dos aparelhos.

Também não há necessidade de prover um monitoramento profissional para esses equipamentos. Sendo assim, sua equipe de TI poderá se dedicar a atividades de maior valor para o empreendimento.

Outro ponto em que poderá economizar é na licença de determinados softwares usados para backup e gerenciamento dos servidores. As companhias de computação em nuvem já costumam oferecer sistemas que auxiliam na gestão desses processos. Além, é claro, de disponibilizar interfaces que simplificam a administração dos dados armazenados na nuvem.

Em suma, a adoção do cloud computing poderá ajudar você a cortar gastos e otimizar investimentos em TI.

Escalabilidade

Boa parte dos pacotes e serviços de cloud computing possibilita a aquisição de mais armazenamento, o que facilita a escalabilidade da empresa.

Isso é bom para companhias em crescimento, que necessitam continuamente de maior quantidade de espaço digital para seus arquivos. Também é útil em períodos de alta sazonalidade, quando há elevação da produção de dados.

Caso a necessidade de armazenamento diminua, também é possível reduzir o espaço contratado. Alguns serviços permitem que você só pague pelo que usar.

O uso de computação em nuvem é uma das tendências digitais e tecnológicas que estão se consolidando no mercado. Para não perder as vantagens que essa solução entrega, é importante fazer um levantamento de suas principais necessidades de armazenamento e avaliar a possibilidade de adotar essa importante ferramenta.

Dessa forma, além de facilitar o cotidiano da empresa e aumentar a produtividade, você poderá otimizar muitos processos organizacionais.

Quer receber mais informações sobre computação em nuvem e dicas para o seu negócio? Então curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos nossos próximos posts!

Quer compartilhar?
Empreendedor ideias conteudo email

Que tal o melhor conteúdo sobre empreendedorismo para você ter sucesso nos negócios?

Faça como centenas de nossos leitores: