Feijão com Arroz

Serviços de design na medida

Menu

O que é marketing de relacionamento e por que usar em minha empresa?

Comunicação Leia em 5 minutos

No nosso competitivo mercado em que diversas empresas estão dispostas a oferecer soluções para o público, cada vez mais se torna importante manter um bom relacionamento com os clientes de forma a cultivá-los e fidelizá-los. Para ajudar nesse sentido, o marketing de relacionamento apresenta várias técnicas e estratégias.

Se você deseja conhecê-las para utilizá-las em seu negócio, continue lendo e confira!

O que é marketing de relacionamento?

O marketing de relacionamento corresponde ao conjunto de ações que visam construir fortes ligações entre a empresa e seus clientes, ou até mesmo potenciais clientes.

A ideia principal é mostrar valores, indicar que cada consumidor é muito importante para a marca e que toda a equipe está empenhada em superar as expectativas.

Quais as vantagens que o marketing de relacionamento proporciona?

As estratégias empregadas permitem que a organização crie sustentabilidade, pois um cliente fidelizado provavelmente retornará várias e várias vezes no futuro, trazendo até novos consumidores.

Além disso, com o público satisfeito, a imagem de uma boa empresa preocupada com a satisfação de seus clientes pode prosperar e se tornar uma referência no mercado.

Então, resumindo, são consideradas vantagens do marketing de relacionamento:

  • aumento das vendas;
  • maior fidelização dos clientes;
  • atração de novos consumidores;
  • a marca se torna uma referência no mercado;
  • maior visibilidade e conhecimento da marca;
  • maior segurança para o futuro.

Como implantar as estratégias?

Agora que você já entendeu o que é marketing de relacionamento e os benefícios que ele possibilita, deve estar se perguntando como implantá-lo em sua organização, não é mesmo? Pois vamos mostrar algumas estratégias agora:

1. Conheça seus clientes

A primeira dica é fundamental. Não é possível estabelecer um bom plano de marketing de relacionamento sem conhecer seus clientes, suas necessidades e pretensões.

Logo, crie oportunidades para obter os dados dos consumidores: um preenchimento de cadastro, uma ligação, uma troca de mensagens nas redes sociais. Peça apenas informações essenciais e registre os dados mais importantes. Todas as interações devem ser otimizadas e receber muita atenção.

Além disso, atente para como seu público utiliza as soluções que você dispõe, os motivos que levam a essa necessidade e as oportunidades que seu produto ou serviço proporciona. Confira ainda os principais canais de comunicação usados e a forma de linguagem. Assim, você conseguirá se comunicar de forma efetiva com seus clientes.

2. Segmente seu público

Se você seguiu a dica anterior, agora já possui informações relevantes sobre seu público. O próximo passo é segmentá-lo, ou seja, criar grupos com características similares.

Imagine que você escolheu o email marketing como estratégia, mas não segmentou seus consumidores. Então, os conteúdos do topo do funil que você enviar também serão recebidos por aqueles clientes que já estão em uma etapa mais avançada do processo. Eles terão acesso a algo irrelevante, pois nessa fase precisam de materiais que os farão fechar a compra.

Notou como a segmentação é fundamental? Com ela é possível mandar o conteúdo certo para a pessoa certa e no momento ideal, aumentando bastante sua taxa de conversão.

3. Envie newsletters

A newsletter é uma forte ferramenta para o marketing de relacionamento. Com ela é possível manter sua rede de potenciais clientes por dentro das novidades e fazer com que sua marca seja lembrada.

A dica é enviar material relevante, algo possível se você já segmentou seu público. Crie um cronograma para disparar os conteúdos, mantenha uma boa frequência que não canse o leitor, mas que também não o faça se esquecer da marca.

Para incentivar a assinatura da newsletter, conceda um benefício exclusivo. Por exemplo, mostre que alguns materiais só serão encaminhados para uma lista de contatos específica e, portanto, fazer parte dela é atrativo. Você também pode divulgar promoções exclusivas.

4. Crie um bom programa de fidelidade

O marketing de relacionamento visa fidelizar seus clientes. Então, o que pode ser mais apropriado do que criar um bom programa de fidelidade? Essa ação valoriza aquele consumidor que teve várias experiências e sempre utiliza sua marca como opção de compra.

Para isso, é necessário dar vantagens. Você pode criar uma condição como essa: se o cliente usa um serviço determinado número de vezes, a próxima vez será gratuita. Esse é só um exemplo que pode ser aplicado. A regra é sempre tentar ser criativo e disponibilizar benefícios atraentes.

5. Esteja presente nas redes sociais

As redes sociais tornaram-se ferramentas importantes para as empresas. Não são só canais de entretenimento. Podem ser usadas para oferecer atendimento ao cliente de forma rápida, personalizada e eficiente.

Elas permitem aumentar a visibilidade da marca, examinar as reações do público, verificar a resposta de campanhas e estratégias tomadas, identificar oportunidades e analisar a concorrência, tudo isso de maneira gratuita ou com baixo investimento (se o seu objetivo for impulsionar uma publicação, por exemplo).

Mas para usufruir de todas essas vantagens não basta criar um perfil ou uma página nas redes e aguardar que a mágica aconteça. É preciso acompanhar, estar presente. Seu público fará perguntas frequentes, pedirá mais dados sobre suas soluções. Atente para isso, responda com rapidez e dê informações completas.

Isso é o que chamamos de SAC 2.0. É o avanço do serviço de atendimento, que agora é feito no canal e momento mais apropriados ao consumidor.

Cuide do futuro fortalecendo os relacionamentos

Como você pôde perceber, o marketing de relacionamento trabalha as interações com os clientes. É preciso se preocupar em como os usuários avaliam a empresa. Criar relacionamentos sólidos fará com que sua marca se torne uma referência no mercado, sendo lembrada no instante da compra.

Para isso, conheça seu público-alvo, saiba de suas características principais e entenda suas necessidades e expectativas. Com essas informações, segmente o público, criando grupos com afinidades. Dessa forma, envie uma newsletter com conteúdos relevantes para as pessoas certas e no momento correto.

Elabore um bom programa de fidelidade e incentive seus clientes a permanecerem com a marca. Por fim, utilize os recursos das redes sociais. Entre vários benefícios, elas possibilitam o atendimento de forma eficiente, agradando seus consumidores.

Gostou do nosso post sobre marketing de relacionamento? Então compartilhe em suas redes sociais e passe esse conhecimento aos seus amigos.

Quer compartilhar?
Empreendedor ideias conteudo email

Que tal o melhor conteúdo sobre empreendedorismo para você ter sucesso nos negócios?

Faça como centenas de nossos leitores: