Feijão com Arroz

Serviços de design na medida

Menu

Como funcionam os anúncios no Facebook?

Ferramentas, Internet Leia em 3 minutos

A vasta base de usuários ativos no Facebook aliada ao tempo cada vez maior em que eles gastam navegando na rede social fez com que a plataforma se tornasse um grande mercado de anúncios.

Contudo, a maioria dos usuários está lá apenas por lazer, e não para realizar compras. Por esse motivo, os anúncios devem ser gerenciados de maneira a não comprometer a experiência de quem só quer se divertir e manter contato com os amigos.

Conheça agora o funcionamento dos anúncios no Facebook e veja como começar seus investimentos na ferramenta.

O que é o Facebook Ads?

O Facebook conta com uma ferramenta gerenciadora de anúncios chamada Facebook Ads. Por meio dela, você pode escolher diversos parâmetros para criar seus anúncios e para definir para qual público eles devem aparecer.

Como os usuários da plataforma inserem muitas informações pessoais, é possível definir um público ideal com mais assertividade. Localização, gênero, idade e interesses são só alguns dos parâmetros possíveis na hora de segmentar seus anúncios. Se sua empresa já possui personas definidas, é possível, inclusive, segmentar grupos de perfis que se assemelham às características dessa persona.

Quais os tipos de anúncios do Facebook?

O Facebook possui 8 tipos de anúncios, cada um voltado para um objetivo específico:

  • Curtidas de página: anúncio com o objetivo de aumentar o número de curtidas na página, ou seja, aumento do número de fãs;
  • Envolvimento de publicação de página: aumenta o número de pessoas que visualizam uma publicação na página, elevando o número de curtidas, reações, comentários e/ou compartilhamentos;
  • Cliques no site: anúncios que possuem um link para o site da empresa, assim que o usuário clique ele é direcionado;
  • Conversões no site: semelhante ao anterior, mas focado em medir as conversões no site. Nesse tipo de anúncio, um pequeno módulo chamado pixel é adicionado à página em que serão medidas as conversões. Assim, o Facebook consegue calcular quantos usuários efetuaram uma conversão no site;
  • Instalações do aplicativo: permite que você divulgue seu aplicativo, incentivando as pessoas a instalá-lo;
  • Envolvimento com o aplicativo: tipo de anúncio em que o objetivo é levar o usuário a uma determinada sessão de seu aplicativo, gerando mais atividades e interação;
  • Participação de eventos: permite criar eventos e divulgá-los para toda a rede;
  • Obtenção da oferta: aqui, você pode criar uma oferta exclusiva e promovê-la.

A escolha adequada vai depender do objetivo de sua campanha.

Como criar seus anúncios?

A partir desses formatos, veja algumas dicas para começar a divulgar seus anúncios no Facebook.

Defina seus objetivos e selecione os anúncios certos

O primeiro passo para começar a investir no Facebook é definir quais são seus objetivos, ou seja, o que você espera conseguir com os anúncios. Você quer ganhar mais curtidas? Tornar sua marca conhecida? Quer acessos para o seu site ou para o seu blog? Ou promover uma oferta em seu negócio?

Dessa maneira, é possível determinar qual anúncio é o mais indicado de acordo com os seus objetivos.

Administre o orçamento da campanha

O Facebook permite que você invista quantias a partir de R$ 1,00, mas a maneira como você será cobrado pode variar. Existem 4 tipos:

  • CPC (Custo por clique): você será cobrado toda vez em que o usuário clicar em seu anúncio;
  • CPM (Custo por milhares): A cada mil visualizações, o Facebook gera uma cobrança, mesmo que ninguém tenha interagido com a publicação. Ideal para quem quer tornar sua marca conhecida sem gastar muito;
  • oCPM (Custo por milhares otimizado): semelhante ao CPM, porém otimizado para o público mais propenso a clicar em seu anúncio e com cálculo automático dos gastos;
  • CPA (Custo por ação): Aqui, só é gerada uma cobrança se o usuário efetuar uma conversão, ou seja, se ele cumprir uma determinada tarefa dentro do site do anunciante, como comprar algum produto.

Escolher a campanha certa te permite economizar dinheiro e ter resultados mais expressivos em sua campanha.

Os usuários do Facebook preferem conteúdos interessantes, relevantes, engraçados e impactantes. Por isso, ser criativo e estar por dentro do que as pessoas estão interagindo, quais memes estão fazendo sucesso e as novidades do momento é essencial. Assim, seus anúncios serão muito mais clicados e compartilhados.

E você? O que achou do artigo? Preparado para começar a investir? Conta pra gente nos comentários.

Quer compartilhar?
Empreendedor ideias conteudo email

Que tal o melhor conteúdo sobre empreendedorismo para você ter sucesso nos negócios?

Faça como centenas de nossos leitores: