Feijão com Arroz

Serviços de design na medida

Menu

5 erros básicos de quem está começando empreender

Comunicação Leia em 3 minutos

Ter uma boa ideia, juntar pessoas interessadas em investir nela e captar o investimento inicial. Os passos certos para começar a empreender são bem conhecidos por todos os interessados na área. Porém, é muito fácil tomar decisões erradas que podem fazer um negócio promissor fracassar. Por isso, você vai precisar mais do que uma boa ideia para obter sucesso ao abrir a sua própria empresa.

Confira quais são os 5 erros básicos do empreendedorismo que iniciantes costumam cometer e que podem prejudicar seriamente o futuro da sua empresa:

1. Não fazer plano de negócios

Onde você está agora? Aonde quer chegar? Quais suas principais metas? E como fará para alcançá-las? É preciso ter isso bem claro e documentado, principalmente em um momento inicial, para que você saiba exatamente o que fazer e como pode se adaptar a determinadas situações diante de imprevistos.

O plano de negócios é uma formalidade para que você possa acompanhar a evolução do seu negócio, fazendo-o crescer de forma ordenada e madura. Por exemplo, não adianta você fazer com que as vendas de determinado produto cresçam 400% nos 4 primeiros meses do empreendimento se você não oferecer o produto em tempo hábil de produção — por não ter condições de ampliar seu setor de produção ou logística. Um plano de negócios bem elaborado poderá ajudá-lo a ter um crescimento controlado sem comprometer a produtividade da empresa.

2. Produtos ou serviços sem diferencial

Você precisa ter em mente que, se seu produto ou serviço não tem diferencial, dificilmente o público largará outras marcas de confiança para escolher sua marca. Lembre-se de que seus concorrentes já estão no mercado há mais tempo e já se mostraram confiáveis para seu público-alvo. Para chamar atenção dos futuros clientes é preciso mostrar um diferencial: funcionalidade nova, interface atraente, entrega rápida, modo sustentável de produção etc. Foque sempre nessa singularidade, principalmente nas campanhas iniciais de divulgação do seu produto ou serviço.

3. Não desenvolver bem o público-alvo

Muitos empreendedores iniciantes resistem em definir claramente um público-alvo bem segmentado. Afinal, o que é melhor? Vender para homens ou para homens nerds — reduzindo o número de possíveis compradores? Você pode se sentir tentado a escolher uma segmentação mais ampla, mas saiba que isso atualmente não funciona. As empresas são bem-sucedidas quando vendem para nichos bem específicos, que geralmente não são contemplados. Por essa razão você precisa definir bem seu público-alvo, de modo que possa direcionar com precisão o produto/serviço, tendo a certeza de que terá uma melhor taxa de conversão no final do mês.

4. Não fazer planejamento financeiro

É fundamental saber qual é a sua receita média, quanto você tem de lucro e de prejuízo e os gastos com cada parte do negócio, desde a produção até a distribuição e divulgação do produto/serviço. Você terá, eventualmente, problemas financeiros que precisarão ser contornados. Se você não tiver esse planejamento bem feito poderá se deparar com uma situação delicada: na urgência do problema, cortar gastos de um setor que não poderia ter sua verba diminuída. Com o planejamento financeiro você verá quais são as áreas que poderão contar com um enxugamento de receitas, quais necessitam de investimento e de que forma isso será feito a fim de não comprometer o orçamento geral e nem a rotina da empresa.

5. Perder o foco

Muitas vezes você se sentirá tentado a realizar trabalhos que não são sua especialidade por uma questão de economia: fazer a gestão das suas redes sociais e e-mail, cuidar da área contábil, organizar eventos, etc. Tarefas estas que não são o seu ponto mais forte e nem estão relacionadas diretamente com a sua função na sua empresa. Pois bem, isto é um erro. Cuide das suas tarefas principais, as quais você possui domínio sobre elas. Estas tarefas secundárias devem ser realizadas por outros especialistas nestas respectivas áreas. Lembre-se que o barato sempre sai caro (ou seja, economizar nesta área pode trazer sérios prejuízos) e que é importante delegar essas funções para pessoas responsáveis e competentes. Se for necessário, terceirize estes serviços.

E você, já sabe quais são os erros básicos do empreendedorismo? Ficou alguma dúvida sobre esse tema? Participe, deixe seu comentário! E continue acompanhando nosso blog para receber mais dicas sobre como empreender da maneira correta. Até a próxima!

Quer compartilhar?
Empreendedor ideias conteudo email

Que tal o melhor conteúdo sobre empreendedorismo para você ter sucesso nos negócios?

Faça como centenas de nossos leitores: